A desilusão depois depois dos 50 anos

Visite nossa página no Google+



ilusão e desilusão
Muitas pessoas relativamente idosas costumam dizer que estão desiludidas com o mundo, não acreditam mais no amor e nas pessoas. Chegam mesmo a colocar a culpa de suas desilusões na sociedade. Mas não é bem assim. Um idoso não sonha com o futuro como sonha o adolescente. Ele está no futuro da sua adolescência. A fase da ilusão abrange a faixa das pessoas jovens. Não é normal uma pessoa aposentada e com os filhos criados querer ter a ilusão da mocidade. Uma mulher acima de 50 anos não pode sonhar com ter mais filhos e ser desejada pelos homens como se fosse uma moça. Quando as mocinhas não olham os quarentões com interesse romântico, é óbvio que eles se sentem rejeitados e desiludidos. Os idosos viveram as ilusões e as perderam. A desilusão do adulto resulta de uma certa rejeição da mocidade. Os jovens precisam realmente estar iludidos e sonhar, embora o idoso esteja desencantado com os sonhos que eles estão sonhando. O idoso pode saber que o sonho as vezes é uma armadilha na qual a pessoa vai cair, isto porque ele passou pela mesma situação. Porém é normal o adulto maduro estar desiludido com a vida ou com os sonhos da juventude. Tais sonhos não fazem mais sentido para ele. O fato é que não ficamos desiludidos com as pessoas porque elas estão piores ou porque não prestam, mas sim porque passamos pela fase da ilusão e entramos numa fase de enxergar a realidade. A desilusão é um processo normal da maturidade. Mas a desmotivação para a vida precisa ser tratada. Muitas vezes o que desilude é a sensação da mocidade ter passado e não poder voltar no tempo para fazer tudo diferente.
____________________________________________
Leia e presenteie o livro BIOGRAFIA DE NHÁ CHICA
Livro EPUB  Apenas R$ 9,40

Livro Impresso veja no link abaixo

EPUBLICAR - Livros, EPUB, reportagens, Ciência
Página do Jornal O Dias no Google Plus Epublicar é uma livraria online que disponibiliza obras literárias de fundamental importância para a informação e a evolução do ser humano. Perfil do Epublicar no Google Plus