O amor e a gaivota

Visite nossa página no Google+


gaivota jornal o dias
Por Marco Aurélio Dias

     A gaivota mergulha no mar para pegar o peixe, não para se afogar. Na vida, devemos agir como a gaivota. Em tudo devemos ser semelhantes. No amor, por exemplo, você entra numa relação para ser feliz, não para se afogar em lágrimas, tristeza e desencanto. Se alguma situação tentar te escravizar, te prender, te afogar, levanta voo. Imita a gaivota que após pegar o peixe sai do mergulho e bate as asas, deixando a água salgada escorrer pelas penas. Quando você está sozinho, tudo o que quer é ser feliz. A tua meta é ser feliz. Então não tenha medo de seguir teu caminho e abandonar o que te faz infeliz. A infelicidade é uma condição indigna, inferior e humilhante. Nunca alguém viu o peixe pegar a gaivota. Ela é certeira. Escolhe o peixe, mergulha e ele não escapa. Seja como a gaivota. Mire só no amor. Escolha só o amor. Se alguém te oferecer o prato da tristeza, da lamúria, da desconfiança, da infelicidade ou da humilhação, levanta voo. Escolha só o amor. A vida é feita de escolhas. A gaivota escolhe o peixe. Em nenhum momento ela escolhe morrer afogada no mergulho. Seja como a gaivota! Escolha só o que te faz feliz... 

EPUBLICAR - Livros, EPUB, reportagens, Ciência
Página do Jornal O Dias no Google Plus Epublicar é uma livraria online que disponibiliza obras literárias de fundamental importância para a informação e a evolução do ser humano. Perfil do Epublicar no Google Plus