Mudança de comportamento sexual

Visite nossa página no Google+


     A mudança de comportamento seria a "mutação" de pessoas heterossexuais em homossexuais e assexuadas? E estaria ocorrendo mais acentuadamente na natureza humana também por motivos sociais? O escritor e pensador Steve Rud diz que a superpopulação mundial está inibindo no ser humano o fator necessidade de reprodução da espécie. Ou seja, o cérebro humano está reconhecendo que não existe necessidade de continuar procriando mais humanos. Com isso, o estímulo para a formação de famílias ao estilo pai, mãe e filhos estaria desacelerando, não por culpa do próprio homem, mas como um recurso da natureza para ter mais controle sobre a proliferação da espécie humana e sobre o desequilíbrio ecológico causado pela superpopulação de gente. A violência generalizada sobre a Terra não foi controlada pela sociedade, e o submundo do crime ou estado de natureza latente na espécie humana parece estar mais acentuado proporcionalmente à superpopulação humana e aos problemas sociais decorrentes disso. A humanidade é uma população animal em processo de crescimento desequilibrado e esse crescimento precisa ser contido para que vários problemas de ordem social e ecológica sejam resolvidos. O fato de a superpopulação humana ter criado condições de subsistência inadequadas e uma concorrência no mercado de trabalho que desanima a formação de família, estaria contribuindo também para a escolha da opção homossexual no ser humano.

     Veja mais:

EPUBLICAR - Livros, EPUB, reportagens, Ciência
Página do Jornal O Dias no Google Plus Epublicar é uma livraria online que disponibiliza obras literárias de fundamental importância para a informação e a evolução do ser humano. Perfil do Epublicar no Google Plus